Internet incentiva as doenças


Enqualto os médicos lutam para evitar a anorexia e a bulimia, alguns doentes se valem da internet para incentivar e disseminar formas para que outras pessoas passem a seguir o que elels chamam de "estilo de vida".

Na rede existem blogs criados pelas chamadas Pró-Anas e Mias (diminutivo de anorexia e bulimia) onde os doentes compartilham receitas e fórmulas para se manterem magros.

Em um deles, uma jovem diz comer duas maças e uma acerola por dia. Outras pediam para ela se manter na dieta. "Isso é reprovável. É como dizer que o câncer no fígado faz bem. Há a distorção do problema. Essas pessoas não se veem doentes." diz o neurologista do Ambulim.

Fonte: Jornal Metro

Nenhum comentário: