TDAH - Programa Mais Você e a resposta da Associação Brasileira de Psiquiatria

Na segunda feira, 28 de novembro, o programa Mais Você (clique no nome do programa para assistir) apresentou duas reportagens e uma entrevista, ambos relatam a ascendência do uso do medicamento metilfenidato e aumento dos diagnósticos de TDAH.
Bem, peço que antes de tudo, assistam ao programa e leiam a Carta da Associação Brasileita de Psiquiatria (clique na nome para ler) que respondeu a este programa.

Bem, na minha opinião, TDAH existe SIM mas muitas crianças sem limites ou sob pressão são diagnosticadas com este transtorno. Minha experiência compartilho com vocês neste momento: já tive um paciente diagnosticado por um psiquiatra com esta doença e com a mudança de psiquitra, este outro retirou o metilfenidato e substituiu por algo mais leve e solicitou que a criança fizesse uma Terapia Comportamental. Bem, deu certo, a criança está ótima e não tinha TDAH.

Bem, da mesma forma que tive esta experência, acredito que há profissionais que tenham uma experiência oposta a minha.

O que gostaria de passar para vocês é que mais uma vez, temos que pensar, refletir!
 
Aliás, leiam também uma matéria que postei mês passado sobre A crescente medicalização, valerá a pena para tirarem suas conclusões!!!



Nenhum comentário: