Criança que faz refeições em família come mais frutas e verduras

Segundo pesquisa, ter pais que consomem com frequência esses alimentos e morar em uma casa com grande variedade de vegetais também são fatores contribuem com boa alimentação das crianças

O estudo mostrou que, em média, as crianças inglesas consomem 293 gramas por dia de frutas e verduras,
 o que equivale a 3,7 porções (Thinkstock)
 
O hábito de realizar refeições junto com pais e familiares faz com que as crianças consumam mais frutas, legumes e verduras. E, quanto maior a frequência com que isso ocorre, maiores são as chances de o jovem atingir as recomendações diárias de ingestão desses alimentos. É o que mostra uma pesquisa realizada na Inglaterra e publicada nesta quarta-feira no periódico Journal of Epidemiology and Community Health. Ainda segundo o estudo, que foi feito na Universidade de Leeds, na Grã-Bretanha, outros fatores, como a dieta dos pais e a variedade de vegetais disponíveis na casa da criança, também ajudam a elevar esse consumo.
 
A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a ingestão diária de cinco porções de 80 gramas cada de frutas, verduras e legumes, para que as quantidades necessárias de vitaminas e minerais sejam obtidas. Isso porque esses alimentos ajudam a evitar diversas doenças e prevenir a obesidade. No entanto, os níveis reais de consumo continuam abaixo dessa meta na maior parte dos países da Europa e também no Brasil.
 
Segundo escreveram os autores desse estudo no artigo, o ambiente do lar é um fator importante, pois é onde os hábitos alimentares se desenvolvem, e onde os pais, que são quem mais influenciam a qualidade da dieta dos filhos, dão os exemplos a serem seguidos.
 
Participaram da pesquisa mais de 2.000 crianças com idade média de oito anos que estudavam em 52 escolas primárias de Londres. Os pais responderam questionários sobre a alimentação de seus filhos, a frequência com que as refeições em família eram realizadas e a quantidade de frutas e verduras que os próprios pais consumiam.
 
Consumo saudável — O estudo mostrou que, em média, as crianças consumiam 293 gramas por dia de frutas e verduras, o que equivale a 3,7 porções dos alimentos ao dia. Porém, aquelas que costumavam realizar refeições em família apresentaram um consumo mais elevado desses alimentos.
Segundo os resultados, crianças cujos pais afirmaram que comiam juntos aos seus filhos “às vezes” consumiam, ao dia, 95 gramas de frutas, legumes e verduras a mais do que aquelas que nunca comiam com seus familiares. Esses jovens ingeriam o equivalente a 4,6 porções desses alimentos todos os dias. Por outro lado, os participantes cujos pais afirmaram que sempre realizavam as refeições em família consumiam, por dia, 125 gramas desses alimentos a mais do que os jovens que nunca comiam com seus pais, atingindo a recomendação da OMS — ou seja, ingeriam cinco porções diárias de frutas, legumes e verduras.
 
Dieta dos pais — Os pesquisadores identificaram ainda outros fatores capazes de influenciar a qualidade de vegetais ingeridos pelos jovens. As crianças cujos pais declararam comer frutas e verduras todos os dias consumiam, ao dia, 88 gramas desses alimentos a mais do que aquelas com pais que nunca ou raramente consumiam esses alimentos.
Além disso, as crianças consumiam 44 gramas a mais desses alimentos todos os dias quando seus pais cortavam as frutas e verduras da criança para facilitar o consumo. A variedade dos ingredientes também se mostrou importante: os pesquisadores relataram um aumento de cinco gramas no consumo para cada variedade adicional desses alimentos disponíveis na casa.
 
Fonte: Veja

Comentários

Mais Visitados