Livro: Meu filho tem autismo, e agora?


O lançamento da M.books deste mês mostra como implementar várias rotinas e fundamentos de sono, alimentação e higiene em apoio à criança autista.
Um livro prático que será uma leitura essencial e capacitadora para cada pai ou mãe cujo filho recebeu o diagnóstico de autismo recentemente ou para aqueles que ainda tentam descobrir por onde começar, para ajudar seus filhos.
A autora relata que ao saber do diagnóstico, os pais buscam ajuda e suporte para que tenham força para cuidar de seus filhos pois a maioria se sente aterrorizada e toda a vida da criança passa na frente de seus olhos.
Este livro conciso e realista permitirá que os pais retomem o controle da situação e dêem os primeiros passos práticos para uma vida calma e feliz com seu filho recém-diagnosticado.

2 comentários:

Rodolfo Ferreira disse...

Olá, tudo bem? Sou vestibulando de medicina. Sou uma pessoa que gosta muito de se dispor a ajudar as outras, podendo contribuir de qualquer forma para o bem-estar psíquico do próximo. Eis o que me faz decidir fazer a psiquiatria. Encontrei como uma grande inspiração o Augusto Cury, médico psiquiatra e psicoterapeuta. Pergunto-me como ele fez para aprofundar os estudos dele na parte comportamental, terapêutica do indivíduo, sendo psiquiatria uma área médica, focada mais em aspectos biológicos? Tenho pesquisado para saber mais sobre a biografia dele, mas lá não evidencia a respeito disso. Como ele fez a psicoterapia? É uma especialização de psiquiatria? Poderia me informar mais sobre essa área dentro da medicina? Interessei-me muito por ela. Estava decidindo antes entre psiquiatria e psicologia. Optei pela primeira, em função da minha curiosidade em estudar outras partes do corpo, fornecendo-me um conhecimento mais amplo, para depois focar na mente humana. Porém, não pretendo estudar somente a parte biológica, medicinal. Também gostaria de poder me aprofundar no comportamento humano, nas emoções, assim como o Augusto chegou a fazer, escrevendo vários livros relacionados a esse assunto. A maioria das pessoas ao mencionar a psiquiatria, fala sobre transtornos, esquizofrenia, coisas similares... Queria saber mais sobre psicoterapia. Poderia me esclarecer essa dúvida? Obrigado.

MDF disse...

Parabens pela estrutura e conteudo do seu blog
compartilhando aqui!!
Abrass: Renato MDF
www.lucrearte.com/atacado
Porta Joias
Caixas
Porta Retrato
Lembrancinhas
Porta Maquiagem