Massagem em Bebês





"O doce toque das mãos acalenta o coração,
O firme toque elimina dores,
A sutil colocação das mãos faz a energia fluir"





É assim que podemos definir as massagens que são tão eficazes, simples e ao mesmo tempo tão complexa nos seus resultados.
 O toque no bebê transmite a ele a segurança e a tranquilidade de amparo, calor, retorno ao útero, desenolvimento fisiológico e emocional.
 
Não precisa ser um bebê para entender esses benefícios: Quem não gosta de ser tocado, calorosamente aninhado num momento de angústia? Quem de nós não coloca a mão automaticamente no machucado, na dor, e sente como se houvesse uma melhora?

Quando as crianças se machucam, correm para mostrar o machucado e apenas o toque das mãos traz tranquilidade e o recado de que tudo vai passar.

É assim que funciona a massagem para bebês, doce, sutil e firme para auxiliar na eliminação das tão indesejáveis cólicas,por exemplo.

Além das cólicas, as massagens facilitam o trato digestivo, na passagem dos alimentos, dos resíduos, no combate a prisão de ventre.

A massagem vai estimular a coordenação motora dos bebês, que facilitará o equilíbrio e estabelece a relação recíproca dos músculos na hora de sentar, engatinhar e andar.

Na parte emocional, estimula além da percepção sensorial, a segurança emocional, confiança, pruduz relaxamento, combate o stress, a ansiedade e os medos.

Estas massagens serão muito mais prazerosas se feitas pelos pais, pois são momentos de troca de energia, calor, cumplicidade e conhecimento; onde são estabelecidos os laços que ficarão para sempre. Assim, facilitarão a formação de seres humanos mais sensíveis, mais humanos, capazes de doar e receber carinho e afeto.

Texto de Cristina Pinheiro Taguchi - Psicóloga e Acupunturista Energética e Corporal especialista em Terapias Orientais

Nenhum comentário: